Escrito por Tendenzias

Saiba como fazer colour blocking!

Entre pintar uma parede inteira ou aplicar papel de parede, existe o “colour blocking” ou “pintar por blocos” que significa, literalmente, pintar alguns blocos de cores numa zona previamente seleccionada de uma parede ou tecto. Felizmente, quem diz blocos, diz rectângulos, ovais, círculos, quadrados, riscas, bolas ou uma junção de vários elementos. Pode multiplicá-los, misturá-los ou então cingir-se a um único rectângulo gigante, por exemplo. As formas geométricas mais suaves – caso dos círculos, ovais e outras curvas – parecem iluminar o espaço, dando-lhe um ar mais descontraído e divertido. Por outro lado, as formas mais rígidas – rectângulos e quadrados – invocam um ambiente sério e mais formal.
Esta técnica, amplamente usada na década de 70, volta a emergir e é a ideal para vestir “velhas” paredes ou destacar algum objecto ou característica da divisão. Por exemplo, para animar a parede branca de uma cozinha, pode pintar uma fila de bolas alinhadas e nos tons da decoração existente – 2 bolas verdes, 2 bolas azuis e 2 bolas beges, todas intercaladas. Para dar um maior destaque a um quadro que tem no escritório e, consequentemente animar todo o espaço, pode pintar, numa parede oposta, um fila de quadrados em dois ou três tons retirados daquela pintura. Mas há mais: pode utilizar o “colour blocking” para conceber uma cabeceira de cama; para criar um ponto focal num espaço amplo; para dar vida a um corredor; como forma de criar divisões distintas no mesmo espaço; como “pano de fundo” para um espelho, quadros ou molduras; ou até em substituição das mesmas, surgindo ela própria como “arte nas paredes”… basta para isso inspirar-se em cores e formas que complementam o actual ambiente.
Como fazer?

O “colour blocking” pode perfeitamente ser um projecto de fim-de-semana, que qualquer pessoa possa executar, modificando e revitalizando por completo uma divisão de um dia para o outro. Basta seguir estes simples passos:

1. Decida a forma geométrica a utilizar, o tamanho e a quantidade da mesma. Para isso, considere o espaço de parede que tem para trabalhar, assim como as dimensões da divisão e respectivo mobiliário. Aplicar uma fila horizontal de bolas por de trás de uma estante aberta pode não funcionar tão bem como se fosse aplicada por de trás do móvel de televisão (mais baixo e menos preenchido, por exemplo).
2. De seguida, escolha as cores. O ideal é optar por tons já existentes na decoração, de forma a potenciá-la e conseguir um “colour blocking” harmonioso. No entanto, numa divisão onde impera o preto e o branco, aplicar um “colour blocking” com recurso a um ou dois tons mais vivos podem dinamizar o espaço por completo. Seja criativo, mas escolha bem.
3. Tire as medidas exactas e, se optar por formas rectas, desenhe-as directamente na parede, aplicando fita-cola em torno das mesmas para delinear o espaço a pintar. No caso de escolher formas curvas ou mais trabalhadas, e a não ser que seja um verdadeiro artista, é sempre mais fácil e perfeito, utilizar um stencil.
4. Pinte dentro da área demarcada, tendo o cuidado de não exagerar na quantidade de tinta utilizada – assim não corre o risco desta escorrer para além da fita-cola ou do stencil.
5. Uma vez terminada a pintura, retire de imediato, mas com muito cuidado, a fita-cola.

Confira outros blogs de nossa rede:

http://decoracao10.com/
http://carros10.com/
http://modaeroupas.com/
http://belezadicas.com/
http://cursoseducacao.com/
http://energiarenovaveis.net/
http://gravidezbebes.com/
http://penteados.org/
http://tarotcigano.net/
http://previsoes.net/
http://tempoprevisao.net/

Lo más interesante
Top 6
artículos
Síguenos