Escrito por Tendenzias

Modelos de papel de parede para a sua casa!

Floral na sala de almoço. Enquanto tomava um café na copa e conversava com o casal de moradores, a designer de interiores Antonia Mendes sugeriu um toque diferente para esta parede, antes branca. A ideia foi aceita e a área de 3,30 m de largura ganhou uma estampa de flores retrabalhadas (da marca Pierre Deux, à venda na Celina Dias). “O papel de parede ressaltou as cadeiras da década de 1950”, diz Antonia. Instalação feita pelo aplicador Jairo Crisóstomo e móveis da Coisas de Lolita. Sobre o armário, garrafas de Paula Almeida e vaso da Benedixt.

Geométrico Sofisticado. No apartamento decorado pela designer de interiores Adriana Penteado, cada ambiente foi pensado para causar impacto. Até o hall do elevador entrou no jogo e ganhou um papel de parede de desenho geométrico (modelo Rheinsberg, da Designers Guild, encontrado no Empório Beraldin). “O efeito marcante que os moradores desejavam foi garantido pela padronagem do revestimento, associada à iluminação embutida no forro de gesso”, explica Adriana” . A cadeira Dazzle (A Lot Of ), com seu encosto recortado, completa a cena.

Desenho gráfico e delicado. Para atender aos distintos pedidos do casal de moradores – ela queria um papel de parede romântico, enquanto ele desejava um modelo no estilo dos anos 1970 -, a arquiteta Luciana Castro resolveu a questão com um revestimento neutro (Disco, da Wallpaper). “Ele traz um padrão gráfico sutil, que agradou a ambos”, diz. A aplicação, feita por José Hamilton Fernandes, exigiu recortes em torno do aparador da TV. Gravura de Cildo Meireles e desenhos de Gilberto Guimarães (Mônica Filgueiras Galeria).

Clima francês. A dona deste quarto, uma jovem estudante de moda, queria um ambiente de atmosfera francesa – aconchegante e clássica. Cobrir as paredes comum papel adamascado (modelo Lancaster Damasquis, da Celina Dias) ajudou a compor o clima desejado. “O revestimento acompanha o tom da seda que forra a cabeceira”, conta a decoradora Christina Hamoui, autora do projeto. A porção contemporânea do espaço aparece no criado-mudo espelhado (Casa Pronta). Vaso de Ana Luiza Wawelberg, roupa de cama da Valencien e tapete da By Kamy.

Fonte: http://casa.abril.com.br

Conheça outros de nossos blogs http://decoracao10.com/

Lo más interesante
Top 6
artículos
Síguenos