Escrito por Tendenzias

O minimalismo

¿Qué é o minimalismo?

Alguns afirmam que trata-se da herença das casas japonesas, outros dizem que é simplicidade e elegância. Falam de equilibrio  e espaços livres, e em realidade um espaço é minimalista quando os decoradores decidiram retirar todos os jarrões e quadros da sala. Os decoradores não são muito gostosos deste estilo, é como traicionar  a moda que migra  para nosso país e faze tendência. As vezes, até identificá-se esta tendência com o desenho, como se fosse una doença estetica passajera que vai durar uns anos. E não é assim, o desenho é algo muito importante que fica aquí para melhorar nossa vida. E “minimalista “ , não é mais que uma palabra que encobre a pobreça do discurso decorativo nacional.

minimal

Nas raízes no fundo da Espanha, de onde vêm as tendências, não há minimalismo si não barroquismo, desmessura estética, cor, alegrías desbordante, temor pelos vazíos, ironia artística, e rubor desportivo. É um país de matizes e não de gênios incompreendidos. Não podem-se identificar com o estilo zen, enquanto, comem paelha.

Está bem descarregar os interiores das coisas feias, mas deixar-lo vazío e chamarlo minimalista

mini

Sejamos respetuosos de nossas tradições e afastemos-nos  das tentações estrangeirasque só trazem esquizofrenia e confução.

Achamos que é na hora de desfazer-nos da palabra minimalismo nas revistas de decoração  porque é um térmo que pedimos-lhe a os críticos de arte, que são especialistas na criação dos “ismos” para suas descripções. Entende-se que haja feito boa carreira no discurso da decoração porque parece fácil na interpretação e dá uma atitude séria. Na realidade, em o que a decoração respeita, não tem nenhum significado concreto porque não existe um estilo assim na decoração, nem nada que se paresca. Só com ler qualquer nota de decoração para dar-se conta que qualquer coisa ou casa califica como minimalista e que nenhum está de acordo com a sua definição.

Lo más interesante
Top 6
artículos
Síguenos